quinta-feira , 13 dezembro 2018
PIRES
Auto posto União
Home / Cidades / RIO BRILHANTE: Polícia Civil esclarece assassinato de mulher de teve rosto incendiado para dificultar reconhecimento
imperio e camila

RIO BRILHANTE: Polícia Civil esclarece assassinato de mulher de teve rosto incendiado para dificultar reconhecimento

gif-600-x-100-1-1

ppp-1-1-1

De acordo com o delegado Guilherme Sariam e investigadores do SIG, a motivação do crime foi um desentendimento entre os suspeitos e a vítima por causa de uso de entorpecentes.

Por: Olimar Gamarra

ec5bb36b-2412-4f07-a731-ab9ecf52d36b
Imagem mostra Márlon com policiais civis, irmãos dele adolescentes e mais um menor de 17 anos, todos respondem pelo crime. (Foto, Olimar Gamarra)

A Policia Civil de Rio Brilhante por meio do SIG (Setor de Investigações Gerais) apresentou nesta terça-feira (04) o esclarecimento do assassinato de Márcia Rodrigues Conceição (35) morta com requintes de crueldade em 07 de agosto de 2017 na ‘’Estrada da Fazenda Cadeado’’. Ao todo a investigação levantou cinco suspeitos do crime, um rapaz de 22 anos, Márlon Henrique dos Martyres, três adolescentes, 16 e 17 anos, sendo um casal irmãos do maior de idade além de um quinto que ainda não foi preso.

MOTIVAÇÃO

De acordo com o delegado Guilherme Sariam e investigadores do SIG, a motivação do crime foi um desentendimento entre os suspeitos e a vítima por causa de uso de entorpecentes. Na noite do crime todos os envolvidos foram até a ‘’Estrada do Cadeado’’ a cerca de 4 Km do perímetro urbano da cidade para fazer uso de drogas. No local Márcia teria, segundo depoimento dos suspeitos, usado sozinha varias pedras de crack não deixando quase nada para os demais, isso acabou levando a uma seção de agressões por parte dos assassinos contra a mulher.

Márcia foi espancada até a morte com pedras e pedaços de um banco de madeira. O corpo foi despido e teve o rosto e a cabeça incendiados para dificultar o reconhecimento.

PRISÕES

Os primeiros a serem detidos foram os irmãos de Márlon, um casal de 16 e 17 anos acusados de outro assassinato, ocorrido em 2015, em que teve como vítima o gerente de uma frutaria, assassinado na casa onde morava na Av. Lourival Barbosa centro, cujo corpo foi encontrado três dias depois. Alem dos irmãos, a Policia apurou a participação da mãe deles, também presa, nesse crime. Mãe e filhos foram detidos por latrocínio (roubo seguido de morte) haja vista que a investigação demonstrou que o gerente foi morto e teve alguns objetos roubados e o interesse dos suspeitos era uma certa quantia em dinheiro que o gerente iria receber.

A mãe dos adolescentes foi presa, e os filhos estão cumprindo medida sócio educativa em uma UNEI na cidade de Dourados.

2870c33b-51d6-4864-856d-2fad632e4790-1
Policiais na cena do crime aguardando pericia (Foto Olimar Gamarra)

Um adolescente de 17 anos (travesti) que também teve participação na morte de Márcia, foi apreendido em agosto desse ano após confessar ter matado a transexual ‘’Fernanda da Biz’’ no mesmo mês. ‘’Fernanda’’ foi morta com mais de 70 golpes de faca e teve o rosto desfigurado depois de receber varias pedradas. O adolescente confessou esse assassinato, segundo ele, motivando por ciúmes, uma vez que a transexual estaria frequentando ‘’seu ponto’’ de prostituição próximo a uma conveniência da cidade.

O menor está recolhido em uma UNEI de Campo Grande. Ele que é travesti é tratado pela polícia como um assassino extremante frio e que não demostra arrependimento dos crimes que cometeu.

Márlon Henrique dos Martyres foi preso na cidade de Cruzeiro do Oeste, Paraná, a cerca de 400km de Rio Brilhante. Ele foi abordado naquela cidade e constatado que em seu desfavor havia mandão de prisão em aberto expedido pela Vara Criminal de Rio Brilhante.

Ao tomar conhecimento da prisão de Márlon uma equipe da delegacia de Policia Civil de Rio Brilhante se deslocou até a cidade paranaense e escoltou o suspeito até a nossa cidade.

Um quinto suspeito, possivelmente envolvido no crime ainda não foi localizado. No decorrer das investigações varias pessoas foram ouvidas na delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante, juntando elementos para elucidar o caso.

Todos os detidos respondem por homicídio qualificado.

O corpo de Márcia foi encontrado na manhã seguinte ao crime por pessoas que passavam pela estrada de terra. O corpo foi reconhecido por familiares por meio de vestes que a vítima usava uma vez que não portava documentos.

0c1b396e21708b23a007321c4229aea4
Corpo de Macia Rodrigues Conceição foi encontrado ao lado de estrada de terra junto a pedras e madeira usadas no crime ( Foto, Olimar Gamarra)

________________________________________________________________________________________________________________

milkoisas-768x272

ppppp-1-1-1

MOVELAR-GIF-SEM-FACE-1-1-1

gif-600-x-100-1-1

Mayfa supermercados
Jesus esta voltando