domingo , 19 maio 2019
PIRES
Auto posto União
Home / Destaques / RIO BRILHANTE: motorista de Monza estava alcoolizado e não tinha CNH, mas vai responder por acidente com morte em liberdade
imperio imposto de renda

RIO BRILHANTE: motorista de Monza estava alcoolizado e não tinha CNH, mas vai responder por acidente com morte em liberdade

gif-requinte-filiz-ano-novo

ppp-1-1-1

anigif

gif-mayfa

Motorista do veículo Monza envolvido em acidente que resultou na morte de um motociclista na noite desta quinta-feira (28) no prolongamento da rua Benjamin Constant em Rio Brilhante não é habilitado e estava embriagado, é o que consta em boletim de ocorrência registrado na delegacia de Polícia Civil sobre o caso.

Por: Olimar Gamarra

DSC06916
Parte frontal do Monza após colisão com moto (Fotos: Rio Brilhante em Tempo Real)

O motorista do veículo Monza envolvido em acidente que resultou na morte de um motociclista na noite desta quinta-feira (28) no prolongamento da rua Benjamin Constant em Rio Brilhante não é habilitado e estava embriagado, é o que consta em boletim de ocorrência registrado na delegacia de Polícia Civil sobre o caso.

Antônio Cirilo da Silva Neto foi levado ao hospital logo após a batida, com escoriações no rosto e dores no peito, foi atendido e liberado, porém foi constatado por meio de laudo, visível estado de embriaguez e que o mesmo não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Conduzido para a delegacia, Antônio foi ouvido sobre o acidente e em seguida librado, ele irá responder por homicídio culposo na direção de veículo automotor, quando não há intenção de matar, além de falta de permissão para dirigir e embriaguez ao volante. De acordo com o delegado do caso, Guilherme Sariam, não houve a prisão em flagrante, pois Antônio não se evadiu do local do acidente, citando inclusive o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) que versa sobre essas penalidades em situações como essa.

Consta ainda em boletim de ocorrência, que Antônio havia pegado o carro emprestado minutos antes para seguir com a esposa e mais cinco crianças para a zona rural do município onde mora.

Vitima fatal, Marcos Roberto, tinha 44 anos

A esposa de Biserra contou que o marido estava vindo de Deodápolis onde trabalhava atualmente e nesta sexta-feira, 01, passaria por uma entrevista de emprego em uma usina de Rio Brilhante, cidade onde morava no bairro Benedito Rondon. Ele deixa esposa e dois filhos menores.

O laudo oficial com as possíveis causa da colisão devem ser concluído em 40 dias pela perícia, porem uma informação preliminar repassada pela perito ainda no local do acidente indicam que o veículo Monza invadiu a pista contraria, provocando a batida.

O corpo de Marcos Roberto esta sendo velado na tarde de hoje (01) na capela mortuária em seguida será trasladado para sua cidade natal, Ivaté no Paraná, para ser sepultado.

20190301_210753

DSC06920

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________

anigif

ppppp-1-1-1

Jesus esta voltando