quarta-feira , 26 junho 2019
PIRES
Auto posto União
Home / Cidades / RIO BRILHANTE: mãe de crianças que mendigavam na rua desacata conselheira tutelar após denúncia.
imperio imposto de renda

RIO BRILHANTE: mãe de crianças que mendigavam na rua desacata conselheira tutelar após denúncia.

gif requinte e sabor

ppp-1-1-1

Uma mulher de 34 anos moradora no bairro Vale do Sol, foi denunciada por desacato a uma conselheira tutelar, após seus filhos menores serem flagrados mendigando pelas ruas próximas a um estabelecimento comercial, na noite deste sábado (05).

Por: Olimar Gamarra

640x480-3395d3f654326ec8357605caf132a134
Caso foi registrado na delegacia de Polícia Civil ( Foto, arquivo Olimar Gamarra)

Uma mulher de 34 anos moradora no bairro Vale do Sol, foi denunciada por desacato a uma conselheira tutelar, após seus filhos menores serem flagrados mendigando pelas ruas próximas a um estabelecimento comercial, na noite deste sábado (05).

De acordo com boletim de ocorrência, a conselheira tutelar relatou que por volta das 18:00hs ao estar no desempenho de suas funções, recebeu uma denuncia anônima relatando que crianças estavam pedindo dinheiro e comida em estabelecimento comercial desta cidade, que a denunciante ainda reportava que era corriqueiro tal fato. Diante da denúncia a conselheira foi averiguar os fatos, deslocando em carro oficial do Conselho Tutelar, juntamente com o motorista, nas imediações do local denunciado.

Que nas proximidades do local fora visualizado duas crianças bem pequenas com as mesmas características das informadas na denúncia, as duas trajando somente bermuda, descalças, bem sujas, portando apenas uma bicicleta. A conselheira abordou as crianças e as acompanhou até a residência dos pais. Que ao chegar à residência indicada pelas crianças, a conselheira reconheceu o local como de atendimentos anteriores na frente da residência havia uma criança de aproximadamente 1 a 2 anos, que estava no chão, que não havia nenhum adulto zelando pela criança e que próximo a ela havia dois cachorros soltos após estacionar o veículo uma pessoa saiu de dentro da casa, que foi identificada como sendo a mãe da criança que estava largada no chão em frente a residência, ela foi advertida pela conselheira, mas retornou para o interior da residência.

Em seguida saiu do interior da residência a mulher de 34 anos, proferindo em tom de ameaça as seguintes palavras: tem que ser muito mulher para vir recolher algum neto meu. Ela então foi advertida pela conselheira que o órgão não estava ali por conta dos seus netos e sim por seus filhos que estavam praticando mendicância, foi quando a acusada passou a desacatar verbalmente a conselheira com palavras de baixo calão: dizeres estes que não vamos reproduzir neste texto.

A conselheira tutelar que no ato estava desenvolvendo suas funções alega não ser a primeira vez que é ameaçada pela autora. O boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Polícia Civil como desacato para as devidas providencia.

Não foi informado na ocorrência se as crianças permaneceram aos cuidados da mãe.

______________________________________________________________________________________________

milkoisas-768x272-1

ppppp-1-1-1

MOVELAR-GIF-SEM-FACE-1-1-1

GIF DERI PINTURAS

Jesus esta voltando