quarta-feira , 8 abril 2020
PIRES
Auto posto União
Home / Destaques / RIO BRILHANTE: IML confirma que idoso foi assassinado: filha e genro abandonam velório e fogem
imperio e camila

RIO BRILHANTE: IML confirma que idoso foi assassinado: filha e genro abandonam velório e fogem

gran-rio-1-1
gif-banner-pires-1-1

Um golpe provavelmente de punhal atingiu a região das nádegas da vítima que morreu por hemorragia interna.

Por: Olimar Gamarra
3b7e4b6f-0b02-4d28-b684-045b810eb59d
Familiares de Adão velam o seu corpo na capela de Rio Brilhante- ( Olimar Gamarra)

Exames de necropsia realizado no IML (Instituto Medico Legal) de Dourados confirmaram que Adão Luiz de Souza Xavier de 61 anos foi vítima de um homicídio neste domingo (17), em um barraco de lona as margens do prolongamento da rua Benjamin Constant na saída para Dourados em Rio Brilhante.

O medico legista aponta no laudo como causa da morte, hemorragia interna por ação perfuro cortante, produzida por arma branca.

Um golpe provavelmente de punhal atingiu a região das nádegas da vítima que morreu por hemorragia interna.

Familiares de Adão que velam o corpo dele nesta segunda-feira (18), na capela mortuária ao lado do hospital, relataram a nossa reportagem que a filha dele Cristiane Mendes da Conceição e o amasio dela estiveram na capela durante a tarde, mas quando o resultado do laudo chegou ate a família, a polícia foi acionada e os dois fugiram em uma bicicleta.

Segundo uma irmã da vítima, os dois permaneceram sentados em uma calçada do lado de fora do velório e saíram assim que foram indagados pela família do que teria acontecido na noite de ontem.

Policiais realizaram buscas ao casal mas eles não foram localizados. De acordo com a polícia, o caso ainda esta sob investigação, embora o casal tenha fugido durante o velório, é cedo para afirmar que eles tenham participação no crime.

’Alguns detalhes ainda precisam ser analisados na cena do crime, mas no mínimo é suspeito os dois terem fugido dessa forma’’,

disse um policial que trabalha no caso.

O caso foi registrado como morte a esclarecer, mas agora com o resultado do exame do IML, o fato será tratado com homicídio.

No local enquanto os levantamentos eram feitos a filha e o genro que estavam em visível estado de embriagues, se mostraram surpresos quando informados pela polícia e a pericia de que foi constatada uma perfuração de faca no corpo da vítima e sustentaram que ao chegarem da cidade, para onde foram catar latinhas, encontraram Adão caído no quintal, e com ajuda de vizinhos o colocaram na cama, onde conseqüentemente acabou morrendo. Para justificar as manchas de sangue no quintal e na cozinha o casal disse que a vítima sofria de problemas de saúde.

O CASO

Relembre o caso e veja todas as fotos clicando aqui

DSC02346
Pericia sendo realizada no local do crime-

O idoso Adão Luiz de Souza Xavier (61), morreu no inicio da noite deste domingo (17), no interior de um barraco de lona as margens do prolongamento da Rua Benjamin Constant na saída para Dourados em rio Brilhante. Levantamento realizado no local pela Polícia e pericia, indicam que a vítima foi atingida com um golpe provavelmente de faca na região das nádegas.

A filha do idoso e o esposo dela que moram ao lado foi quem acionou a policia militar, informando que encontraram a vítima caída no quintal, levaram ele ate a cama e algum tempo depois perceberam que Adão não se mexia. Uma ambulância esteve no local e os médicos constataram a morte.

A Polícia Civil e a perícia realizaram levantamentos e verificaram o golpe, porem de acordo com a perita, não é possível afirmar pelo menos por enquanto a causa real da morte.

”Tem um golpe, mas não é suficiente para afirmar que isso foi o causador da morte, vamos aguardar o exame do IML”

Disse a perita.

Foram encontrados marcas de sangue na cozinha e no quintal. O caso é tratado como morte a esclarecer

DSC02340
Foto ( Maikon Junior)

_______________________________________________________________________

banner-espaço-vip

 

 

 

difusora
Jesus esta voltando