terça-feira , 21 agosto 2018
gif pires
Auto posto União
Home / Cidades / RIO BRILHANTE: Idosa em moto sofre três fraturas na perna após ser atingida por motorista bêbado
imperio 2

RIO BRILHANTE: Idosa em moto sofre três fraturas na perna após ser atingida por motorista bêbado

progresso

anigif

A idosa foi socorrida ao hospital local para receber atendimento medico já o motorista que não teve ferimentos foi conduzido a delegacia de polícia para as devidas providencias.

Por: Olimar Gamarra

586d99fce9d1854606d75b7f450653a6424f2897a79a8
Idosa de 61 anos foi socorrida com três fraturas na perna esquerda para hospital de Rio Brilhante- Foto ( Olimar Gamarra)

 

No final da tarde de hoje (10), policias militares atenderam a acidente de trânsito na rua Expedicionário Hugo Gonçalves próximo ao supermercado Mais Você, onde uma idosa de 61 anos conduzia uma motocicleta Honda Biz placa NRI 2434 sofreu fratura em três lugares na perna esquerda depois de ser atingida por um veículo Gol placa HSF 3667.

O motorista do Gol (51) confessou aos policiais que havia ingerido meia caixa de cerveja e pegou o volante.

O homem foi submetido ao teste do bafômetro e o resultado foi 0,89mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

A idosa foi socorrida ao hospital local para receber atendimento medico já o motorista que não teve ferimentos foi conduzido a delegacia de polícia para as devidas providencias.

Esse foi o segundo caso de embriaguez de condutores de veículos somente entre sábado e domingo em Rio Brilhante.

A policia alerta com relação a mistura de álcool e direção, crime que esta sendo combatido de maneira enérgica pelas forças de segurança.

A multa para quem for pego dirigindo  sob efeito de álcool é de R$ 2.934.70 (dois mil novecentos e trinta e quatro reais e setenta centavos) alem de 7 pontos na carteira e pagamento de fiança para responder em, liberdade em caso de não haver vítimas graves ou morte em decorrência de acidente provocado pelo motorista embriagado.

ANTES E AGORA

Antes, a pena de prisão para o motorista que cometesse homicídio culposo no trânsito estando sob efeito de álcool ou outras drogas psicoativas variava de 2 a 5 anos. Com a mudança, a pena aumenta para entre 5 e 8 anos de prisão. Além disso, a lei também proíbe o motorista de obter permissão ou habilitação para dirigir veículo novamente. Já no caso de lesão corporal grave ou gravíssima, a pena de prisão, que variava de seis meses a 2 anos, agora foi ampliada para prisão de 2 a 5 anos, incluindo também a possibilidade de suspensão ou perda do direito de dirigir.

_____________________________________________________________________________________

34136635_911381555708497_5107467309019037696_n-768x548

MK-serralheria-1-1-1-1-2-1-1-1

anigif-1-1

mayfa
Jesus esta voltando