sexta-feira , 19 outubro 2018
Auto posto União
PIRES
Home / Cidades / RIO BRILHANTE: gerente de fazenda que matou funcionário após traição é preso na fronteira
imperio e camila

RIO BRILHANTE: gerente de fazenda que matou funcionário após traição é preso na fronteira

resolve-emprestimos

ppp-1-1

Vilmar que era funcionário na fazenda, foi morto pelo então gerente, Paulo Cezar conhecido como Paulinho com 4 tiros de pistola. O crime ocorreu por volta do meio-dia do dia 07 de março de 2016 em uma lavoura de soja no interior da fazenda.

Por: Olimar Gamarra

753337562_1
Polícia na cena do crime realizando levantamentos. Fotos (Olimar Gamarra)

Foi preso na cidade de Ponta Porã, a 190 km de Rio Brilhante, na fronteira com o Paraguai, Paulo Cézar Gonçalves (36) acusado de matar com 4 tiros, Vilmar Carlos Macena em março de 2016 em uma fazenda de Rio Brilhante. A motivação do crime segundo apurou a Polícia na época foi a descoberta de um relacionamento extra-conjugal entre a vítima e a esposa do acusado.

Vilmar que era funcionário na fazenda, foi morto pelo então gerente, Paulo Cezar conhecido como Paulinho com 4 tiros de pistola. O crime ocorreu por volta do meio-dia do dia 07 de março de 2016 em uma lavoura de soja no interior da fazenda.

A vítima que estava almoçando junto com outros funcionários quando Paulinho chegou e o questionou sobre a suposta traição, Vilmar teria negado e ainda tentou correr, mas foi perseguido pelo acusado que estava em uma caminhonete. A vítima tentou fuga por cerca de 400 metros, foi baleado e morreu atingido por disparos na cabeça, face, não e costas.

Após o crime, o gerente fugiu com a família. Apresentou-se dois dias depois na delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante na companhia de um advogado, foi ouvido e liberado. Porém ao ter a prisão decretada pela justiça desapareceu.

Na casa do gerente foram apreendidas armas de fogo e munições.

A prisão ocorreu na cidade de Ponta Porã, depois que policiais militares foram acionados devido a um desentendimento familiar na casa do acusado. Durante checagem do nome foi descoberto mandado de prisão em aberto expedido pela Vara Criminal de Rio Brilhante.

56dedb2db4c16ba491bff3bf3651f858b324ace36a2fc
Armas de fogo apreendidas na fazenda

_____________________________________________________________________________________

dd621ec5-ea42-4a7a-b757-cd7dd480aa82-768x572

ppppp-1-1

MOVELAR-GIF-SEM-FACE-1-1

JUNIN-ESPETINHOS-GIF

Mayfa supermercados
Jesus esta voltando