quarta-feira , 26 junho 2019
Auto posto União
PIRES
Home / Cidades / Projeto de Marçal garante desconto de até 15% no IPVA para quem não tem multa
imperio imposto de renda

Projeto de Marçal garante desconto de até 15% no IPVA para quem não tem multa

200

201

202

Banner_Web_Novos_Rumos_AL_730x130px

Os descontos previstos na Lei estão condicionados, conforme o texto, ao pagamento do IPVA até a data de seu vencimento, estipulados pela Secretaria Estadual da Fazenda.  

POR: AsseCom Marçal Filho

Projeto de Marçal Filho prevê desconto entre 5% e 15% no IPVA Foto: Luciana Nassar

Contribuintes do IPVA (Imposto sobre a propriedade de veículos automotores) no estado de Mato Grosso do Sul podem ter descontos de até 15% caso não cometam infração de trânsito. É o que prevê Projeto de Lei do deputado estadual Marçal Filho, apresentado nesta quinta-feira (11) na Assembleia Legislativa.

“Diante do grande número de acidentes em nosso Estado, precisamos incentivar com bonificação os bons condutores, de forma que possamos motivá-los a continuar respeitando às leis de trânsito”,

diz o parlamentar.

O projeto prevê redução de 5% no valor do tributo para motoristas que não tiverem sido autuados no ano anterior; de 10% para aqueles que passaram dois anos consecutivos sem multas; e de 15% para quem ficar três anos seguidos sem cometer infrações de trânsito.

Os descontos previstos na Lei estão condicionados, conforme o texto, ao pagamento do IPVA até a data de seu vencimento, estipulados pela Secretaria Estadual da Fazenda.  Atualmente, a alíquota do IPVA em Mato Grosso do Sul é de 5% sobre o valor venal do veículo, com desconto de 30% na alíquota de 5%, fazendo com que a cobrança – para veículos automotores – seja reduzida para 3,5% sobre o valor venal, conforme tabela elaborada pela Fipe.

De acordo com Marçal Filho, a punição aos infratores com multas é relevante, porém, por si só, não tem servido para reduzir a violência no trânsito. Dessa forma, explica ser fundamental o poder público adotar ações educativas para estimular a adoção de boas práticas pelos motoristas.

“Nesse sentido, a edição de leis que incentivem o contribuinte a não descumprir as normas do Código Brasileiro de Trânsito, é essencial nesta busca por um trânsito mais seguro em nossas ruas, avenidas e estradas. O Projeto, sendo assim, quer premiar os bons motoristas que têm atenção e responsabilidade”,

justificou o deputado.

_________________________________________________________________________________________________________________________

205

anigif-milkoisas

gif refrigeração

Jesus esta voltando