sexta-feira , 20 abril 2018
Colégio Objetivo
Home / Destaques / Comerciante divulga nota sobre ocorrência policial em Rio Brilhante
imposto de renda

Comerciante divulga nota sobre ocorrência policial em Rio Brilhante

gif-farmacia-flor-de-lis-1-1

gif-banner-pires-1-1-1-1-1-1-1-1-1

Com relação a o suspeito preso pela prática do furto, ele esclarece que foi enganado pela pessoa de Roberto Carlos Pereira de Barros que foi detido de posse de dois produtos eletrônicos furtados de um comerciante.

POR: Maikon Junior

nota site

Um comerciante, por meio de sua advogada Beatriz Vasconcelos Marques enviou uma nota a redação do site Rio Brilhante em Tempo Real, para esclarecer algumas informações vinculadas neste meio de comunicação com o titulo ”Polícia prende suspeito de furto de eletrônicos e chega ate possível ponto de receptação”.
Em nota o comerciante que não teve o nome divulgado na matéria, e nem na nota recebida pelo site relata que, posteriormente a ação policial em seu ”ferro velho”, que na matéria divulgada é tratado como ”deposito”, esteve na delegacia de polícia civil acompanhado de sua advogada apresentando nota fiscal dos produtos que aparecem nas imagens divulgadas na matéria.
Com relação a o suspeito preso pela prática do furto, ele esclarece que foi enganado pela pessoa de Roberto Carlos Pereira de Barros que foi detido de posse de dois produtos eletrônicos furtados de um comerciante.

” Reforço o fato de que o mesmo foi enganado pela pessoa de Roberto Carlos Pereira de Barros ao adquirir os fios já picados”,

diz a defesa.
Fios esses que foram reconhecidos pela vítima como sendo dele, e que estavam no ”ferro velho”. No ato da prisão Roberto Carlos indicou para os policiais esse local como sendo onde vendeu os fios que havia furtado anteriormente.
Com relação a entrada dos militares no local, a defesa diz que:

”não é verdade que o proprietário do imóvel não foi localizado, pois estava passado o feriado de Páscoa com os seus filhos em Campo Grande e um dos Policiais Militares entraram em contato via telefone com ele e o mesmo autorizou a entrada dos policiais acompanhados de um de seus funcionários no local”.

Por fim a nota garante que o comerciante em não teme nada e sempre trabalhou na honestidade..

”Sempre trabalhou legalmente em seu comércio que é de ferro velho e não agiu com intenção de praticar o delito de receptação, é pessoa de bons costumes, cidadão cumpridor dos seus direitos e obrigações”.

Nossa reportagem apurou junto a autoridade policial que Roberto Carlos foi autuado em flagrante por furto e o comerciante foi indiciado por receptação dolosa porem foi ouvido e liberado.

_____________________________________________________________________________________

milkoisa-gif

MK-serralheria-1-1-1-1-2-1

anigif

ledsim
Jesus esta voltando