domingo , 16 junho 2019
Auto posto União
PIRES
Home / Cidades / Águia Negra abre grande vantagem sobre o Sete e se aproxima da final
imperio imposto de renda

Águia Negra abre grande vantagem sobre o Sete e se aproxima da final

200

201

202

Banner_Web_Novos_Rumos_AL_730x130px

O primeiro tempo teve os primeiros 20 minutos de jogo equilibrado e com chances para os dois lados. 

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas 

Águia Negra ficou mais próxima da final do Estadual (foto: Franz Mendes)

A decisão do Campeonato Estadual ficou distante do caminho do Sete de Dourados. Nesta quarta-feira (3), em Itaporã, os douradenses foram derrotados pelo Águia Negra por 3 a 1 e a vantagem do time de Rio Brilhante na disputa pela vaga na final ficou consideravelmente maior. Kareca duas vezes e Salomão marcaram os gols rubro-negros e Gugu, cobrando falta, descontou para o Sete. O jogo de volta acontece domingo, no Estádio Ninho da Águia. Com a vitória, o Águia pode ser derrotado pela mesma diferença de dois gols que avança. Ao Sete só resta vitória por três gols de vantagem para conseguir a, agora, improvável classificação.

O primeiro tempo teve os primeiros 20 minutos de jogo equilibrado e com chances para os dois lados. O gol não saiu por boas intervenções dos goleiros Roger Paranhos, do Sete, e Filipe, do Águia. A chance mais clara aconteceu com o atacante Guilherme que, de fora da área, acertou belo chute carimbando o travessão de Roger. Por reclamação, o técnico Valdir Fortini, do time douradense, foi excluído do banco pelo árbitro Marcos Matheus Pereira.

A falta do treinador no bando de reservas se refletiu diretamente no desempenho dos jogadores em campo e o Sete começou mal a segunda etapa e em desvantagem. Logo aos dois minutos, Guilherme ganhou da marcação pela lado esquerdo e cruzou. A zaga não conseguiu fazer o corte e Kareca pegou forte, sem chances para Roger Paranhos, abrindo o placar. Após marcar, o domínio passou todo para o time de Rio Brilhante, com bons passes para manter a posse de bola.

A produção do Sete melhorou depois dos 25 minutos e assustou em jogada de Regis Wenzel pela esquerda. No cruzamento, com Otacílio Neto livre para concluir, Jonathan apareceu para desviar a bola para escanteio, evitando o empate. Aos 31, com o Sete melhor, o Águia fez o segundo gol. Na cobrança de escanteio, a zaga afastou parcialmente e Salomão, da entrada da área, bateu rasteiro no canto direito de Roger. A bola ainda bateu na trave antes de morrer na rede douradense.

Aos 40, a esperança voltou para o torcedor do Sete. Em cobrança de falta, Gugu, que havia entrado no lugar de Kaique minutos antes, acertou o canto direito de Filipe, diminuindo a diferença. No último lance do jogo, mais um erro defensivo do Sete e o terceiro gol. A bola chegou nos pés de Kareca que encontrou Gugu entrando livre pelo meio. O lateral recebeu e tocou na saída de Roger, fechando o placar em 3 a 1.

205

anigif milkoisas

Jesus esta voltando